A portaria que regulamenta e torna facultativo o uso do simulador de direção no curso de formação de condutores oferecido pelas autoescolas, foi publicada na edição desta quarta (31), do “Diário Oficial do Estado”.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), a decisão tem o intuito de reduzir os custos para o cidadão que pretende obter a primeira carteira de habilitação e está de acordo com o que determina a resolução n° 778/2019, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que trata da matéria.

O Contran, através de estudos técnicos, concluiu que a ausência do simulador não prejudica a preparação do futuro motorista.

0 0 voto
Article Rating