Venda Ilegal: Arsenal é apreendido em Teixeira de Freitas

Três lojas foram flagradas vendendo os produtos sem nenhum controle e a qualquer pessoa. Quatro comerciantes foram presos

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, em Teixeira de Freitas, na quarta-feira (11), para cumprimento de mandados de busca e apreensão, prendeu em flagrante quatro comerciantes e apreendeu 122 armas de fogo de diversos calibres, mais de 1,2 mil munições e três quilos de chumbo. O objetivo era o combate à venda ilegal de armas e munições naquela cidade.

Batizada de Senhores das Armas, a operação teve como alvo, inicialmente, os estabelecimentos Casa Morbeck e Juninho da Sanfona, suspeitas de venda ilegal de armas. As duas tinham mandados expedidos pela 2ª Vara Criminal de Teixeira de Freitas. Uma terceira loja, Oficina Confiança, acabou sendo identificada, ao longo das ações de polícia, e flagrada como local também de venda ilegal.

Os comerciantes Oto Moreira Morbeques, da Casa Morbeck, Dourivaldo dos Santos, da Julinho Sanfona, e Agnelson Ferraz, o Guigui, e Ulimar Cardoso Ferraz, ambos da Oficina Confiança, foram presos em flagrante e autuados por venda ilegal de armas. Todos estão detidos à disposição da Justiça. As armas foram encaminhadas ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), para perícia.

Investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Teixeira de Freitas, apuraram que as vendas nas três lojas eram feitas sem nenhum controle e que as armas estavam acessíveis a qualquer pessoa que se interessasse pelos artefatos. Além dos policiais da DT/Teixeira de Freitas, participaram da Operação Senhor das Armas, equipes da 87ª Companhia Independente de Polícia Milita (CIPM).

Leia também: