Vendedores de abadás ilegais são presos após denúncia de folião

Com eles foram apreendidos também dois celulares, um notebook e diversos cartões.

Foto: Divulgação SSP

Dois estelionatários foram presos na manhã desta segunda-feira (24), após venderem ilegalmente abadás para o Camarote Salvador. Após denúncia de um folião que sofreu o golpe, equipes das Rondas Especiais (Rondesp) Central descobriram o esquema usado pela dupla.

“Eles utilizavam cartões clonados, compravam ingressos de camarotes e depois trocavam as camisas. Os donos dos cartões clonados denunciavam às operadoras, que por sua vez, estornavam as vendas. Com a interrupção do pagamento, o camarote invalidava o código de barras do ingresso”, contou o comandante da Rondesp Central, major Wildon Reis.

Ainda segundo ele, os foliões, quando tentavam entrar no camarote, percebiam que tinham caído no golpe. “Diante da denúncia, fomos até a feira de abadás, na Boca do Rio, e encontramos a dupla com R$ 5 mil em espécie e uma máquina de cartão com 10 mil reais em vendas”, relatou.

Com eles foram apreendidos também dois celulares, um notebook, diversos cartões do Banco do Brasil e duas máquinas de débito e crédito. A dupla foi encaminhada para a Central de Flagrantes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*