O vereador licenciado Genivaldo Lima (DEM), de Simões Filho, afirmou em entrevista ao Bahia No Ar que não pretende apoiar o presidente de seu partido na disputa pelo governo da Bahia. Isso porque, em sua opinião, tanto ACM Neto (DEM) quanto o deputado Paulo Azi (DEM) abandonaram os colegas de partido de Simões Filho.

Hoje Secretário de Meio Ambiente, Genivaldo conta que enfrentou grande dificuldade nas últimas eleições municipais, junto a colegas como Jackson Bomfim (DEM), devido à falta de apoio dos membros do alto escalão da sigla. “Uma definição que eu já tenho em relação ao estado é que eu não acompanho Neto”, destaca. Ele diz nem mesmo acreditar na candidatura do ex-prefeito de Salvador.

Embora o presidente do Democratas tente desvencilhar a imagem do governo federal, Genivaldo Lima vê a clara possibilidade de que ACM Neto firme parceria política com Jair Bolsonaro (sem partido) e assuma qualquer cargo a ele oferecido. “O Democratas hoje faz parte do Centrão, está dialogando lá com o presidente. Daqui a pouco Bolsonaro chama ele [Neto] pra ser alguma coisa e ele deixa a gente a ver navios”, declarou.

Genivaldo Lima inclusive já adianta que votará no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no pleito do ano que vem, condenando as atitudes do atual chefe do Executivo. “Quem mata o meu povo não conte com meu voto. Hoje eu defendo para a presidência o nosso amigo Lula”, concluiu.

0 0 votos
Article Rating