Via Bahia afirma que tarifas de pedágio nas BR’s 324 e 116 não serão reduzidas

Foto: Divulgação

Em nota enviada pela Via Bahia, a empresa informa que a tarifa de pedágio nas rodovias que ela administra na Bahia não serão reduzidas enquanto termos do contrato de concessão ainda estiverem em discussão.

Na última terça-feira (20) a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) disse que os valores de pedágio deveriam ser reduzidos nas BR’s 324 e 116.

Entretanto, a concessionária assegura que por força de decisão judicial, “foi reconhecida a impossibilidade de redução da tarifa enquanto estiver pendente a análise, por parte da ANTT, de direitos da concessionária previstos no contrato de concessão”.

O comunicado afirma ainda que, “estes direitos estão em discussão no processo de revisão contratual (em trâmite desde 2016). Enquanto isso, a tarifa de pedágio não sofrerá alteração”, informa.

Como ficaria a redução

Na terça-feira a ANTT anunciou que nas praças P1 (Simões Filho) e P2 (Amélia Rodrigues), localizadas na BR-324, a tarifa passaria de R$ 2,90 para R$ 2,60. Já nas outras cinco praças (Santo Estevão, Milagres, Manoel Vitorino, Poções e Veredinha), que correspondem à BR-116, o valor sairia de R$ 5,10 para R$ 4,60.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*