Vídeo: jovem assassinada em Simões Filho recebeu aviso de Deus antes de morrer

Menor foi morta no domingo, 15, no bairro de Mapele.

Após o assassinato da adolescente Gisele Kailla de Jesus Adab, 17 anos, no bairro de Mapele, em Simões Filho, no último domingo, 15. Circula na internet um vídeo feito há mais de um mês, em uma igreja evangélica, onde a garota teria recebido um “aviso” de Deus.

As imagens foram compartilhadas em uma rede social, nesta segunda-feira, por um pastor da denominação onde o aviso divino teria ocorrido. Na postagem, o religioso ele escreveu que no dia do ocorrido, Deus falou com adolescente que estava dando um grande livramento a ela, mas, que ela deveria servir a Ele pois não haveria outra chance.

Veja o Vídeo:

O homicídio ocorreu próximo a um bar localizado nas imediações da Praça da Capadócia. A vítima foi atingida por projéteis disparados por homens armados que chegaram ao local a bordo de uma moto de dados desconhecidos. Não há informações sobre a autoria ou motivação do crime.

 

Leia também:

74 Comentário

  1. Esta ai para quem não. Acredita que o senhor ainda esta falando com seu povo o livramento foi dado mais como sempre o homem endurece o coração! a bíblia e clara em dizer quando ouvires a voz do senhor teu deus não vus endureças o teu coração.

  2. e desde quando Deus obriga alguém a segui-lo? ele próprio deu o livre arbitrio pra cada um seguir o caminho que quiser, enquanto o aviso de livramento é valido!

  3. É Triste, demais ver esses jovens perderem a vida, sem reconhecer Jesus como Salvador. Não sei se ela aceitou à Jesus nessa noite, tudo bem alguns vão dizer, se ela tivesse aceitado não estaria morta, porém ela pode ter aceitado e como Nova convertida, ter tido dificuldade em caminhar e abandonar o seu meio social. Pode ter acontecido isso é Deus quem sabe. Só podemos conjecturar . Mas uma coisa é certa também, se no seu interior ela teve um momento de arrapendimento, ela pode ter sido salva. “Por que aquele que crer em mim, ainda que morto viverá.”

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*