O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e sua comitiva se depararam com um grupo de manifestantes na noite de segunda-feira (20), nas ruas de Nova York. Com um caminhão com telões, onde imagens contra ele eram reproduzidas, essas pessoas pediam seu impeachment e criticavam seu governo. A gestão de meio ambiente e do combate à pandemia eram alguns dos temas principais.

O movimento irritou o chefe do Executivo, que chamou as pessoas ali presentes de “meia dúzia de acéfalos”. Bolsonaro afirmou ainda que o ato tinha cerca de 10 participantes.”Esse bando nem sabe o que está falando ali. Devia estar em um país socialista, não aqui nos Estados Unidos”, disse.

Quem o acompanhava na ocasião era o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que viralizou nas redes sociais em vídeo no qual faz um gesto obsceno, apontando os dedos médios na direção dos manifestantes.

O movimento foi organizado por um coletivo brasileiro de defesa à democracia chamado “Brado-NY”, que já vinha promovendo protestos contra Jair Bolsonaro nas ruas da cidade antes de sua chegada.

0 0 votos
Article Rating