Segundo informação da Folha, publicada nesta segunda-feira (10), o governo federal congelou o programa Bolsa Família, mesmo nas regiões mais carentes do país.

Uma a cada três cidades mais pobres do Brasil não teve novos auxílios liberados de junho a outubro de 2019, últimos  meses com dados oficiais divulgados, conforme destaca a reportagem.

No levantamento realizado pelo jornal, foi levado em consideração as 200 cidades brasileiras com menor renda per capita, conforme dados de 2017, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em todos os municípios, foi registrado recuo na cobertura e queda no ritmo de atendimento a novas famílias.

Em 2019, o governo passou a controlar a entrada de beneficiários no programa. Em janeiro de 2020, a fila de espera chegou a 1 milhão.

0 0 voto
Article Rating