Camaçari: mudanças no trânsito do centro não serão realizadas

Segundo a STT, as alterações foram canceladas após o órgão ouvir a opinião da população.

As mudanças no trânsito do centro de Camaçari, que ocorreriam a partir desta quarta-feira, 15, não serão mais realizadas. As modificações aconteceriam nas avenidas 28 de Setembro (Radial A), Dr. Manoel Mercês (Radial B) e Tupinambás (Radial C).

O superintendente de Trânsito e Transporte Público, coronel Alfredo Castro, falou sobre a decisão. “Fizemos uma escuta ao comércio e houve uma rejeição por parte da população. E, seguindo orientação do prefeito Elinaldo Araújo, de que toda mudança deve ter o aval da população, decidimos que não haverá mais. Então nós resolvemos fazer a sinalização, que começa a partir desta terça-feira (14/1) no mesmo formato da que estava anteriormente”. A alteração previa mão única em trechos específicos das vias citadas.

O processo de escuta foi realizado através das mídias sociais e de funcionários do órgão, que foram aos locais e consultaram principalmente o comércio, que seria a área mais afetada, além de mototaxistas, taxistas e a população em geral. “Estamos reafirmando o compromisso do governo com uma gestão democrática, de ouvir sempre a população. Nossa intenção é de não trazer nenhum prejuízo ao comércio, na atual situação econômica do país. Temos de favorecer e não trazer transtornos. Então decidimos, de uma maneira coerente, manter o mesmo molde que estava acontecendo nas vias”, finalizou Castro.

7 Comentário

  1. Ao invés de se preocupar com as mudanças no sentido do tráfego da cidade,o prefeito e a STT deveria primeiro pavimentar as ruas e avenidas que estão esburacadas pela cidade e olhe que não são poucas

  2. Ao invés de se preocupar em fazer mudanças no sentido do tráfego do centro da cidade,o prefeito e a STT deveria se preocupar com os estado de conservação das ruas e avenidas da cidade,pois muitas estão intransitáveis

  3. Engraçado que não perguntaram aqui na rua da Bandeira sobre a inclusão da ciclofaixa. Movimento caiu bastante por conta disso, de não ter vagas de estacionamento e quem passa de bicicleta nem usa. Sou ciclista, É legal, mas no centro é ruim, praticamente ninguém anda por lá e os que andam, andam fora. Deviam ter consultado os comerciantes locais também. Lamentável.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*