Com mais de 1 milhão de seguidores, Eva Luana desativa perfil no Instagram

Eva Luana, a jovem estudante que relatou em suas redes sociais e denunciou aos órgãos competentes, os abusos praticados pelo seu padrasto, Thiago Alves, ganhou uma visibilidade estrondosa do caso. Artistas, políticos, ativistas entre outros, se manifestaram em apoio a Eva, que hoje está percorrendo o Brasil em palestras e atos.

Eva, que já tinha mais de um milhão de seguidores, desativou o seu perfil na rede social Instagram. Rede onde denunciou as violências sofridas e onde várias pessoas manifestavam apoio a estudante.

Em contato com a equipe do Bahia no Ar, um dos advogados de Eva,
Helder Matos , informou que o Instagram foi desativado “para ela ter um pouco de sossego. É tudo muito novo e numa velocidade absurda”, disse Helder. Ele ainda informou que a audiência sobre o caso será realizada em breve.

108 Comentário

  1. So observo esperando os proximos capitulo. Serà porque o pai do entiado dela deu entrevista relatando algumas coisas que a midia nao sabia? 😏 tipo o padrastro era sobrinho da mae e os pai dele nao aceitaca esse tipo de relacionamento? Resumindo o cara era tio dela 😒 assim relatou uma materia em um jornal nao que eu esteja afirmando pq tudo povo ja julga mais vamos esperar os proximos capitulos e se tiver né! 😏

  2. Não estou duvidando da situação mais desda primeira entrevista dela achei que ela não queria ajudar e sim chama atenção da mídia ifruciada pô alguém por que em momento algo a mãe dela que também foi sitada ter sofrido abuso sexual nunca apareceu ao lado dela dando apoio

  3. Tenho a impressão que este caso ainda terá desdobramentos surpresas!
    Porque a imprensa não questionou o “meio incesto do caso?”. Porque Eva não disse ao público e as autoridades que a mãe dela é tia e mulher do suposto agressor?. Muitas perguntas no ar….

  4. As pessoas jugam gente não foi vcs que passaram o que ela passou pra quer ela iria inventar? Aconteceu com ela a dor é só dela muitas aq poderia e deveriam tomar as dores pra si por ser mulher e mãe mais não ao invés fica atancando achando que tem mentira que isso que aquilo eu em

  5. Por conta de comentários e julgamentos como os que estão aqui, que ela deve ter excluído. Lidar com o trauma de uma vida de abusos e ainda com uma sociedade nojenta como a que vivemos, não deve ser fácil! Saúde mental pra ela e pra esse povo ignorante de alma.

  6. Foi muito importe a denúncia que ela fez pra que todas as mulheres denunciem esses monstros e psicopatas que o mundo está infectado . Não aguentamos mais esses absurdos com mulheres e crianças aqui no Brasil. Não vejo a justiça fazer muita coisas nesses casos. Esses monstros tem que ficar em prisão perpétua. Se ele cometeu esses crimes ele tem que responder. Não importa os vínculos familiares .Se houve abusos tem que responder perante a justiça e a sociefade

  7. Meus amigos.
    Alguns fatos chamam nossa atenção neste caso:
    1° Quando foi feita a denúncia a mesma declarou que ela e mãe eram as vítimas, a mãe nunca se posicionou publicamente.
    2° A mesma relatou os abusos sofridos por ela e pela mãe, mas omitiu e em mo mento algum citou o parentesco entre eles
    3° Se ela não queria se expor e ter sua vida vasculhada não deveria ter usado as redes sociais.
    4° E não esqueçamos o ônus da prova cabe a quem acusa. Aguardemos

  8. euuu juravaaa que so eu sempre achei estranha essa historia, ele pode nao ser 100% inocente, mas ela tem coisas escondidas,, ahh tem!! enquanto as pessoas estavam endeusando Eva , o insta dela so bombava de fotos das palestras pelo Brasila fora, apos varios questionamentos de alguns seres pensantes, assim como eu kkkkk começaram a questionar varias coisas, inclusive o apoio nulo que a mesma junto com sua ONG estava dando a Deysiane ( caso que esse sim deveria ter a mobilizaçao viral na net)… Ahh mas ela esta dando todo apoio a Deyse…. ta, então pq a mesma nao faz questao de postar, como faz com as palestras que ainda fazendo !!! #naousoeva #soucontraviolenciaamulheres!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*