Conforme antecipado pelo radialista Roque Santos, o presidente da Câmara de Vereadores, Flávio Matos (UB) e o vice-prefeito José Tude (UB) são os nomes que disputarão até o dia 6 de janeiro a preferência para saber quem será o candidato do grupo governista a prefeito de Camaçari.

A decisão foi anunciado pelo ex-prefeito de Salvador ACM Neto (UB) e por Elinaldo Araújo (UB) na tarde desta segunda-feira(25).

Elinaldo afirmou que o seu grupo político só tem se fortalecido e que o afunilamento para as pré-candidaturas de Tude e Flávio é fruto do diálogo maduro e construtivo na sua base aliada. Para Elinaldo, a retirada das quatro pré-candidaturas foi um gesto de grandeza e de elevado espírito público.

Isso é mais uma prova de que este grupo está unido e cada vez mais fortalecido para disputar a eleição e para manter Camaçari no caminho certo. Tenho certeza que o escolhido vai vencer a eleição, porque o povo de Camaçari saberá julgar quem trabalha de verdade visando o bem estar das pessoas e o desenvolvimento do município”, destacou Elinaldo.

Vale ressaltar que, na manhã da última quinta-feira (21), o prefeito convocou todos os seis postulantes no Centro Administrativo. Após a reunião, ficou definido que apenas dois nomes iriam concorrer pela vaga de disputar a sucessão nas urnas em 2024.  A informação foi divulgada com exclusividade pelo Bahia no Ar.

Com isso, ficam fora da corrida: o líder de governo na Câmara de Vereadores Júnior Borges (UB), o secretário de saúde Elias Natan (PSDB), o secretário de Esportes Jorge Curvelo (UB) e comandante da STT, Hélder Almeida (UB).

4 1 voto
Article Rating