Depois de passar mal e precisar de internação no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) teve alta hospitalar, nesta terça-feira (25). O mal-estar se deu na última noite de segunda (24), mas nada foi apontado nos exames realizados pela política, que acabou liberada por volta das 15h30.

Conforme informado pelo G1, Dilma participava de uma reunião virtual quando a indisposição súbita surgiu. Na ocasião, ela comentou que não se sentia bem, por isso, o ex-deputado federal Miguel Rossetto (PT) lhe fez uma visita e, mesmo após constatar que a colega de partido estava se recuperando, achou melhor que fosse ao hospital.

Lá, Dilma Rousseff foi examinada e ficou em observação durante a manhã de hoje, sendo acompanhada pelo médico Paulo Caramori. Até então, não se sabe o que causou o mal-estar e a unidade hospitalar onde a ex-presidente esteve internada preferiu não se manifestar sobre o fato.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) informou, através das redes sociais, que teve contato com Dilma por volta das 9h, constatando sua melhora. Segundo ele, a aliada estava “falante como sempre” e em breve retornaria com disposição para a luta do partido.

0 0 votos
Article Rating