O mais provável é que a primeira-dama de Camaçari, Ivana Paula, não saia candidata a deputada estadual em 2022. O prefeito Elinaldo Araújo (DEM) revelou em entrevista ao Bahia No Ar, nesta segunda-feira (20), que é resistente à ideia de lançar a esposa para o próximo pleito.

“Todos já conhecem minha resistência sobre essa questão de projeto familiar. Claro que o nome de Ivana é um nome pedido pela população, mas essa possibilidade já foi decidida, eu conversei com ela em casa, expliquei que não é bom pra ela”, o gestor municipal declarou.

Na ocasião, Elinaldo reconheceu que Ivana Paula é bem avaliada como primeira-dama por ser atuante no município, mas se mostrou reticente à ideia de vê-la concorrendo a uma vaga na Assembléia Legislativa da Bahia (Alba) neste momento.

“Não vou descartar porque eu não sou Deus, mas a possibilidade [de Ivana ser a candidata do grupo] é minima”, o prefeito de Camaçari concluiu, destacando que, caso a decisão precisasse ser tomada hoje, ela não seria o nome escolhido.

0 0 votos
Article Rating