Geninho reclama da ‘cera’ do Freipaulistano e admite: “Nosso time entrou na pilha”

Com o empate, o Leão chegou aos seis pontos ganhos

Fotos: Pietro Carpi/ECV

O duelo entre Vitória e Freipaulistano, disputado neste domingo (16), no Barradão, pela quarta rodada da Copa do Nordeste, terminou no empate sem gols. Após apito final, o técnico Geninho destacou a retranca do adversário e reconheceu que sua equipe cometeu alguns erros na partida.

“Jogo contra um adversário que não teve nenhuma oportunidade de gol, mas que teve seus méritos. Soube marcar, soube marcar bem. No primeiro tempo tivemos muita dificuldade, também por culpa de alguns erros que tivemos. Muito erro de passe, precipitação. Tivemos uma ou duas chances. No segundo tempo o time evoluiu melhor, errou menos passe, bola começou a rodar um pouco mais rápido. Mesmo assim cometemos alguns erros. Criamos oito ou nove chances de gol. Algumas defendidas pelo goleiro, outras poderíamos ter concluído com um pouco mais de calma. Futebol é assim. Jogo que fica bastante ansioso. Tivemos um adversário que veio buscar o resultado e soube fazer isso. Usou alguns artifícios que não gostamos, mas faz parte, que é parar o jogo, simular contusão, esfriar um pouco o jogo. Nosso time entrou na pilha. Foi um jogo complicado. Não foi o nosso melhor, mas não pode dizer que foi um jogo ruim, principalmente pelo segundo tempo”, avaliou o treinador.

 

Na equipe titular, Geninho fez mudanças. Ele escalou Jonathan Bocão, Rafael Carioca, Rodrigo Andrade e Rafael Carioca nas vagas de Van, Thiago Carleto, Gérson Magrão e Júnior Viçosa, respectivamente. Ele justificou essas alterações.

“Objetivo foi ver alguns jogadores que tínhamos no elenco e o que eles poderiam me dar para dentro de uma necessidade usar. Uma hora teria que fazer isso. A melhor maneira de ver o que tem na mão é em jogo, colocando para jogar e dar a ele tempo de jogar. Esses jogadores vieram compor o elenco, bem credenciados, acho que teriam que ter uma chance de jogar. Apesar de Carleto ter tido uma dor lombar durante a semana, mas estava bem. Van não tinha problema nenhum, nem Magrão. Acho que pode definir como substituição técnica”.

Com o empate, o Vitória chegou aos seis pontos, mas caiu para a terceira posição do Grupo B do Nordestão. O próximo compromisso do Vitória é contra o CRB, no dia 27 de fevereiro, uma quinta-feira, às 20h, no Barradão.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*