Os membros do Vitória que se envolveram em uma briga generalizada durante o jogo contra o Atlético-CE, no último sábado (11), se manifestaram sobre o assunto nas redes sociais.

Na ocasião, o meia Eduardo, do Vitória, trocou agressões com o atleta adversário Yan Costa. O jogador Mateus Moraes e o auxiliar Ricardo de Amadeu também se envolveram na confusão em seguida.

Todos foram expulsos pelo árbitro e vão desfalcar o Leão no próximo jogo, além de sofrerem multa por parte do clube.

“No calor do momento, não pensei e agi com o sangue quente. Então, só me resta pedir desculpa pela minha atitude. A instituição, a sua história, comissão, aos torcedores que sempre me apoiaram, a comissão e atletas do outro clube: perdão”, Eduardo disse em nota.

Mateus Moraes também pediu desculpas. “Vendo agora com calma, estou profundamente arrependido por atitudes que, no calor do momento, acabaram acontecendo. Atitudes que não sinto orgulho e a qual nunca havia tido antes, nem voltarei a ter”, escreveu.

O arrependimento bateu ainda em Ricardo Amadeu. “Não cumpri com o meu papel e tive uma atitude infeliz. Não há maior frustração do que perceber que é impossível voltar atrás e ter agido diferente”, lamentou.

0 0 votos
Article Rating