Japão quer incluir em lista de recusa entrada de estrangeiros dos EUA

Medida se deve à expansão do novo coronavírus

Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (Covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão. Foto: Reuters

Japão planeja incluir em lista de recusa a entrada de estrangeiros vindos dos Estados Unidos, da China e Coreia do Sul, bem como de boa parte da Europa e algumas partes do sudeste asiático, em meio à expansão da pandemia de coronavírus.

O governo japonês decidiu elevar em breve o alerta de viagem para todas as partes dos Estados Unidos, para nível 3, recomendando o cancelamento de viagens ao país. O Japão também vai negar a entrada de estrangeiros que tenham visitado os Estados Unidos nas últimas duas semanas. A medida vem em meio ao aumento acentuado de infecções nos Estados Unidos.

O governo japonês pretende tomar as mesmas medidas em relação à todas as partes da China e da Coreia do Sul, e para a maior parte da Europa, incluindo o Reino Unido, e algumas partes do sudeste asiático, como por exemplo, a Tailândia.

As medidas visam recusar a entrada de estrangeiros de cerca de um terço de todos os países e territórios, a não ser que tenham um motivo especial.

Todos os demais países e territórios vão ser classificados como nível 2 no risco de alerta para os quais os japoneses devem evitar realizar viagens que não sejam essenciais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*