Uma mulher que estava presa na delegacia de Lapão, no norte do estado,, morreu após a cela em que ela estava ser atingida por um incêndio, na terça-feira, 30.

De acordo com a Polícia Civil da região, a mulher identificada como Cleide Rosa de Jesus, de 53 anos, estava em uma cela sozinha, quando e o incêndio ocorreu. As chamas não se alastraram para as outras quatro celas da unidade policial, portanto ninguém mais foi atingido.

Carcereiros e moradores da cidade, que passavam pelo local no momento do incêndio, ajudaram no combate as chamas. Segundo o G1, a polícia não tem detalhes do que possa ter ocorrido, mas trabalha com a hipótese de curto-circuito.

O corpo de Cleide foi removido para o Departamento de Polícia Técnica de Irecê (DPT), e a equipe também vai fazer a perícia na cela. A Polícia Civil de Lapão investiga o caso.

A delegacia de Lapão informou que alguns presos que seguem na unidade serão transferidos para delegacias da região, entre esta quarta (1º) e quinta-feira (2)

Conforme a polícia, Cleide Rosa estava presa desde agosto de 2019 e respondia por homicídio. De acordo com a polícia, ela matou o marido e tentou matar a irmã. Após ser presa, ela confessou o crime que ocorreu no distrito de Água Nova, pertencente a Lapão.

0 0 voto
Article Rating