Neste domingo (31), torcedores do Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos se juntaram em um ato pró-democracia na Avenida Paulista, no centro de São Paulo. No entanto, a manifestação acabou em confrontos com apoiadores bolsonaristas.

Durante a confusão, os torcedores das quatro torcidas organizadas de futebol se manifestavam contra o fascismo e entraram em confronto com simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro, que também realizam outro ato no local. Nas duas ações, policiais militares usaram bombas de efeito moral e avançaram contra os manifestantes visando dispersar os tumultos.

Segundo informações da corporação, pessoas começaram a se reunir pela manhã no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), e depois seguiram pela Paulista.

Entre os atos que ocorriam perto da Avenida Paulista, também foi registrado aqueles que pediam a reabertura do comércio durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) que já matou mais de 28,5 mil pessoas no Brasil, conforme dados das secretarias estaduais neste domingo.

0 0 voto
Article Rating