O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi impedido de ir ao estádio para assistir ao jogo entre o Santos e o Grêmio, em São Paulo, no domingo (10). De acordo com ele, o motivo seria o fato de não estar vacinado contra a Covid-19.

“Por que passaporte da vacina? Eu queria ver o jogo do Santos agora e falaram que tinha que estar vacinado. Pra que isso? Eu tenho mais anticorpos do que quem tomou vacina”, ele reclamou, durante transmissão ao vivo realizada nas redes sociais.

O passaporte da vacina consiste na exigência de comprovação da aplicação das doses para a entrada em shows, feiras, congressos e jogos. No estádio da Vila Belmiro, onde a partida pelo Campeonato Brasileiro aconteceu, apenas 30% dos lugares podem ser ocupados.

O presidente da República já vinha reclamando deste tipo de iniciativa anteriormente, garantindo que, no que dependesse do governo federal, o passaporte da vacina não seria adotado. “Nunca apoiamos medidas restritivas. Sempre estivemos ao lado da liberdade, do direito de ir e vir”, o chefe do Executivo pontuou.

0 0 votos
Article Rating