Sport tem liminar indeferida e segue sem poder inscrever atletas; entenda

A punição ao Rubro-negro foi aplicada pelaCBF

Foto: Reprodução

O Sport havia entrado com uma liminar no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) contra a entidade para tentar derrubar o bloqueio de registros de jogadores imposto pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD). Nesta segunda-feira, no entanto, a liminar foi indeferida pelo desembargador relator Juarez Fernandes Folhes, da 10ª Câmara Cível, e o clube segue impedido de registrar jogadores.

A punição ao Rubro-negro pela CNRD, órgão da CBF que tem a competência para desfazer conflitos entre participantes do futebol nacional, acontece por conta de uma dívida de cerca de R$ 650 mil com o chileno Mark González, que passou pela Ilha do Retiro ainda em 2016. O Sport havia oferecido um acordo para quitar a dívida com o meia em 30 parcelas, que seriam pagas a partir de março de 2020. Mas a CNRD não aceitou e impôs a punição ao Leão no dia 17 de dezembro do ano passado.

Vale ressaltar que, além da primeira sanção imposta pela CNRD – com o bloqueio no sistema de inscrição de atletas -, caso o clube deixe de cumprir com a obrigação que lhe cabe dentro do prazo fixado, o órgão pode determinar punições cumulativas entre si e com as anteriores. Se houver insistência em descumprir com o novo prazo estipulado, como medida final, a Câmera pode desfiliar ou desvincular o clube e/ou proibi-lo de atuar em qualquer atividade relacionada ao futebol, seguindo de acordo com os regulamentos da CBF e da FIFA, além da legisl

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*