“A gente sofreu ontem, como nosso torcedor”, revelou Douglas sobre a eliminação

O arqueiro reconheceu que o Bahia não teve uma boa partida

Na noite da última quarta-feira (18), o Bahia sofreu um baque ao ser eliminado da Copa do Brasil – perdendo para o Grêmio por 1 a 0. Um dia após o revés,  o goleiro Douglas concedeu entrevista coletiva no Fazendão, sobre o resultado ruim. O atleta tricolor não escondeu a tristeza com a situação, mas valorizou a campanha do Bahia e a evolução que o clube tem passado nos últimos anos.

“A gente sofreu ontem, como nosso torcedor a maioria do povo baiano que estava torcendo pela nossa classificação, mas penso que orgulho do torcedor e desse grupo de fazer parte desses grandes momentos. Não fomo desclassificados na primeira fase, mas nas quartas, em um jogo decidido dos detalhes, como outras partidas da Copa do Brasil. A gente ficou muito triste ontem, mas não pode esquecer tudo que a gente vem fazendo na temporada, o que estamos construindo no Bahia. Entendo que participação na Copa do Brasil faz parte da construção de um Bahia ainda maior, que tem buscado, a cada ano, conquistar, evoluir de forma geral. A gente sofreu ontem. Hoje a gente está muito motivado, já para a sequência do Campeonato Brasileiro. O grupo, de forma geral, tem se mostrado muito desejoso de que a gente volte a jogar rápido, para que a gente consiga nossos objetivos no Brasileirão”, indicou.

O arqueiro tricolor negou qualquer obstáculo psicológico e falou em “seguir em frente” para fazer um bom Campeonato Brasileiro.

“Eu entendo que o ambiente que foi criado pela torcida e a expectativa de passagem era por conta da nossa capacidade. Então isso também não pode ser esquecido, por mais que a dor seja maior que as alegrias que vivemos até aqui na Copa do Brasil. Mas não pode esquecer. Temos que voltar à realidade e nos encontrar de novo e seguir em frente, sabendo que nossos compromissos serão tão grandes quanto as quartas de final da Copa do Brasil. Não vejo herói nem vilão. Nosso grupo tem se mostrado unido em todos os momentos, de glória, tristeza pela eliminação, uma partida que não foi o que se esperava. Isso te motiva. Hoje a gente está motivado, porque sabe que as peças que chegaram estão sendo bem recebidas, vão encontrar um grupo unido e vão agregar para o que temos ainda esse ano. Não vejo que nenhum atleta sentiu. Todos sentiram. Torcedor orgulhoso, que nos apoiou, a dor do nosso torcedor e a gente tem certeza que a gente também, como ser humano, atleta, como alguém que almejava uma conquista… A gente vai seguir em frente, e espero que o torcedor sinta orgulho e continue nos apoiando. A gente acredita e vai buscar por isso no Brasileiro e no fim do ano”, indicou.

Apesar de não ver o grupo sentindo a pressão, Douglas reconheceu que o Bahia não teve uma boa partida e indicou que o Grêmio foi merecedor da vaga.

“Questão do jogo, eu entendo que a gente esperava passar, ter melhor desempenho, mas a gente entende que ontem nosso melhor não foi o suficiente para passar pelo Grêmio. Ontem eles tiveram uma noite melhor que a nossa e, de forma geral, foram merecedores da classificação. Isso de forma alguma diminui nossa participação, a nossa capacidade de chegada a esse patamar no cenário do futebol brasileiro”, pontuou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*