Bahia vai a campo cauteloso contra o Ipatinga

 Renato Gaúcho parece ter encontrado a solução para a carência de centroavantes, enquanto o artilheiro Jael não chega.

Se Mendes não deu certo e Itacaré não convence, o jeito é armar retranca no jogo que acontece às 16h deste sábado, 15, contra o Ipatinga, em Minas Gerais.

O treinador ainda não confirma, mas o provável é que ele seja mais um a aderir a moda de volantes e troque o camisa 9 por um cabeça-de-área.

Assim, Bruno Silva deve se juntar aos titulares Leandro e Marcone, e Rodrigo Gral fica sozinho no ataque, com o apoio dos armadores Rogerinho e Ananias.

Na teoria, um esquema bom para quem ficaria satisfeito com um empate.

Porém, da outra vez que escolheu armar esse tipo de ferrolho, Renato não se deu bem.

No jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, em Goiânia, contra o Atlético, os três volantes escalados não foram capazes de impedir o 2 a 0 para os anfitriões.