O atacante Neymar falou pela primeira vez após a eliminação na Copa do Mundo da Rússia. Em entrevista ao Fox Sports, o camisa 10 do PSG mostrou já ter assimilado a decepção de não ter conquistado o título mundial.

“Muito triste, óbvio, não têm pessoas mais tristes do que eu, meus companheiros, nosso treinador e nossas famílias. A gente fica com aquele gostinho, porque a gente sabia que poderia vencer, porque tinha time para isso. Mas infelizmente já foi, o luto passou, a gente tem que escolher ser feliz. A gente tem motivos para estar triste, mas eu prefiro escolher ser feliz”, declarou o craque brasileiro.

Neymar também confirmou que permanecerá no Paris Saint-Germain. “Continuo (no clube), tenho contrato. Fui para lá por um desafio, por coisas novas, por um objetivo. E não mudou. Espero que seja uma temporada de sucesso”.

O atacante revelado no Santos, elogiou o colega de time Mbappé, campeão do mundo com a França.

“Ele é um fenômeno, um grande jogador. A gente que está com ele no dia a dia já sabia disso faz tempo. E eu fico muito feliz, muito contente, de ele ter feito um grande Mundial. Eu falo com ele quase todos os dias, a gente se fala bastante. A gente vai ficar feliz de recebê-lo (no PSG) como campeão do mundo”.

Neymar brincou com os memes e as piadas que surgiram após a Copa, como o ‘Neymar Challenge’, sobre sua fama de valorizar as faltas sofridas.

“Eu levo na brincadeira, não fico bravo. Só dou risada, e aí a gente entra na onda. Foi um momento ali em que eu estava com as crianças e resolvi fazer”.

“Ele é um fenômeno, um grande jogador. A gente que está com ele no dia a dia já sabia disso faz tempo. E eu fico muito feliz, muito contente, de ele ter feito um grande Mundial. Eu falo com ele quase todos os dias, a gente se fala bastante. A gente vai ficar feliz de recebê-lo (no PSG) como campeão do mundo”.

 

0 0 voto
Article Rating