Tonha pode desistir de sua Candidatura

A deputada tem se recusado a conversar com a prefeita Maria Maia (PMDB) sua adversária histórica.

Maria que lançou Tonha na prefeitura em 1996, trava embates calorosos desde aquela época.

Na última eleição Maria Maia venceu Tonha com o apoio de Geddel Vieria Lima.

Tonha levou para a cidade o presidente do seu partido César Borges.

Geddel disse que Tonha era atraso para Candeias.

César disse que Maria não gostava de trabalhar.

Maria levou com mais 13 mil votos de diferença.

Agora unidos no mesmo palanque, Geddel e César tenta unir as duas.

Para eles, as diferenças ficarão no passado.

Para Tonha a diferença existe.

Entrevistada a alguns dias a deputada disse que não subiria no palanque de Maria.

Maria retribuiu dizendo que era problema dela, pois o palanque era seu, do PMDB.

Tonha tem um dilema à frente.

Se ajudar a eleger Geddel fortalece Maria e se enfraquece.

Prefere ficar sem mandato de deputada federal do que pedir votos pra Geddel e fortalecer Maria.

Apoiaria Junior Magalhães seu filho (DEM) a reeleição e só Apesar dos rumores políticos dentro do PR, a chefe de gabinete da deputada, Jurema Palma negou os rumores apurados por OLHO VIVO.

Garantiu a recandidatura da dupla Tonha e Junior Magalhães.